» BLOG
Tamanho Texto  
11/07/2018
UM CONSELHO PARA AS PESSOAS DE 20 E POUCOS ANOS.

Leo Babauta
Uma jovem mulher me escreveu recentemente sobre seus medos sobre o futuro:
"Eu estou nos meus 20 anos e tentando descobrir o meu futuro. Estou apenas pensando em como parar de me preocupar e deixar que o medo do desconhecido consuma totalmente meus pensamentos diários (eu estou me mudando da Suécia para os Estados Unidos e não faço ideia de como encontrar um trabalho, um lugar para morar etc.). Eu estou muito assustada com o futuro, mesmo que eu tenha superado obstáculos antes."
A primeira coisa que eu diria para ela é: você não está sozinha. Muitas pessoas, jovens e velhas, têm medo do desconhecido, especialmente quando as coisas não estão estabelecidas e tudo está no ar. Eu tenho uma filha com 20 e poucos anos, um filho com 18 anos... e eles não têm ideia do que lhes aguarda o futuro. Eu também não sabia quando era jovem e, para ser honesto, eu ainda não sei. As coisas são um pouco menos assustadoras para mim esse dias, mas eu sei como é ter medo de um futuro assustador e incerto.
A segunda coisa que eu diria é: ninguém tem as respostas. Ninguém sabe o melhor caminho que deveria seguir. Ninguém descobriu a resposta definitiva para seus problemas de medo do futuro. Os melhores de nós apenas fingem e fazem parecer que sabem o que estão fazendo. Não sabemos. Nós ainda estamos tentando descobrir também e, para ser honesto, a verdade é que a maioria de nós estamos muito assustados ou fingindo, até para nós mesmos.
Seja bom em algo
Você não tem um trabalho, nada fixo para fazer, as coisas são amplas demais… e isso é assustador, mas também uma vantagem. A sua agenda está livre e você tem imensas possibilidades.
O caminho para tirar vantagem disso é encontrar algo para se tornar bom e, então, torná-lo bom. Tão bom quanto você puder.
E aqui vão mais boas notícias: não importa realmente o que você escolhe. Se você escolheu se tornar bom em design, mas então você trabalha por dois anos para descobrir que odeia isso… Você pode mudar! Você poderá, então, se tornar bom em fazer artesanato e então mudar quando decidir que não é bom para você. Poderá aprender programação e se tornar bom nisso. Ou aprender a "blogar" e se tornar bom nisso. Não importa.
Não importa porque o tempo gasto se tornando bom em algo nunca é desperdiçado. Você aprende como se tornar bom em alguma coisa. Conhece outras pessoas que são apaixonadas. Faz conexões com pessoas, ideias e consigo mesmo. Você pode se descobrir no processo.
Como se tornar bom em algo? Primeiro, saia da internet, para que se livre das distrações. Então:
1. Escolha algo, qualquer coisa, que interessa a você;
2. Descubra o passo seguinte mais fácil e avance nele;
3. Encontre alegria nesse passo;
4. Encontre alguém para compartilhar isso. Melhor ainda, encontre alguém que você tenha que convencer, como um chefe, um colega, um cliente ou um amigo que irá lhe cobrar;
5. Descubra o passo seguinte mais fácil e aproveite.
Você vai falhar. Irá duvidar de si mesmo. Irá desejar que fosse melhor, mais rápido. Todos nós fazemos isso, mas a boa notícia é que você é jovem e é bom falhar por um tempo. Quando você estiver nos seus 30 anos, irá falhar bem menos.
Você vai construir alguma dinâmica. Você vai passar a amar isso porque começa a se tornar bom. Vai passar a pensar que sabe o que está fazendo, e então perceberá que há muito mais para aprender e achará isso assustador e, então, excitante.
Conecte-se com pessoas interessantes
Descubra pessoas online que façam coisas interessantes, encontre-as pessoalmente. Descubra pessoas que são apaixonadas, que estão construindo coisas, que estão se arriscando, que sonham grande, que são conscientes, divertidas, saudáveis, amigáveis, tímidas, sociáveis, aventureiras e curiosas.
Se torne amigo delas. Esteja ali para elas. Seja útil. Faça-as rir. Estas são as suas pessoas. Elas irão te exaltar, excitar, preencher a sua vida com significados. Elas irão fazer da sinceridade e alegria o seu novo normal.
Essas pessoas irão ajudar na sua futura carreira de alguma maneira, mas isso não é a coisa mais importante: o que realmente importa é que amigos importam. Ter um que te dispensa é uma droga. Ter alguns que dão suporte e inspiram, que amam e valorizam você… Isso faz da vida significativa.
Mas não se preocupe tanto sobre o que as outras pessoas estão fazendo. Feche as redes sociais algumas vezes e apenas foque no que você está fazendo. Quando você estiver junto com seus amigos, descubra o que eles estão fazendo e fique feliz por eles, mas não se preocupe que você não está fazendo essas coisas. Aquilo é a vida deles e é incrível, mas sua vida será unicamente o que você decide fazer.
Sobre finanças
Você não tem um emprego ainda. Está bem, mas você precisa achar uma forma de fazer dinheiro. Você pode ser freelance, lavar carros, dirigir para o Uber, ter um trabalho temporário, ser estagiário, não importa. Encontre uma maneira de pagar o aluguel e, de preferência, aprenda alguma boa habilidade enquanto você paga aluguel.
Se o seu trabalho não for o trabalho dos sonhos, o faça apenas por agora para pagar o aluguel e gaste o seu tempo livre aprendendo e trabalhando na sua habilidade, se tornando bom em algo. Mas não fique preso nesse trabalho - mantenha seus olhos abertos para algo melhor. Comece o seu próprio negócio paralelamente, se puder.
Gaste menos do que você ganha. Todo mundo diz isso, mas a maioria das pessoas ignoram. O segredo é desejar muito pouco. Esteja satisfeito com algumas posses, comida simples, sem precisar da versão mais nova de algo ou dos restaurantes mais legais ou entretenimento. Encontre uma biblioteca, leia alguns livros grátis, trabalhe em algumas habilidades, coma comida vegana simples. Economize o máximo que puder. Sim, você é jovem e não está preocupado com a aposentadoria, mas ter dinheiro para quando for velho não é o objetivo - o ponto é construir um fundo de emergência para que não fique preocupado sobre pagar o aluguel.
Se preocupando com o futuro
É normal se preocupar com o futuro, mas provavelmente o melhor antídoto é aprender a mudar o seu foco para o que está bem na sua frente, agora mesmo. Você está fazendo algum trabalho? Foque na parte física de fazer isso. Você está comendo? Quais são as sensações físicas que a comida provoca? Você está andando de trem? Como você se sente por estar sentado, com os pés no chão? Como são os sons? O que você pode ver ao seu redor?
Essas coisas podem soar como conselhos banais, mas o que acontece é que você aprende a desviar sua ansiedade sobre o futuro para perceber o que está ao seu redor no momento presente. E acaba percebendo que enquanto o futuro desconhecido parece assustador, o presente está excelente.
Você vai descobrir, de um momento para o outro, que cada momento é excelente. Você vai começar a desenvolver confiança no presente. E este é o antídoto para os medos sobre o futuro: aprenda a confiar que você ficará ok, porque à medida que cada momento passa, você continua estando ok.
 
 

- HOME
- EMPRESA
- SERVIÇOS
- CLIENTES
- BLOG
- VAGAS
- CANDIDATOS
- CONTATO

 
Rua do Seminário, 90 - Bairro: Mandacaru - CEP: 87080-260 - Maringá / PR - Telefone: 44 3034-6608
© Copyright 2018 - Principiu's RH - Empresa de Recrutamento e Seleção | Desenvolvido por Digimax Brasil